segunda-feira, 26 de setembro de 2011

paisagem urbana



Braga no século XVI era assim, ou mais ou menos assim...
De lá para cá, muita coisa mudou, apesar de reconhecermos nele os limites das principais áreas da cidade (pintados a posteriori com as denominações actuais)...

Para melhor conhecer Braga, é imprescindível a leitura deste blogue a sério (infelizmente inactivo), assim como de uma obra que nos foi recomendada nesta inspiradora viagem pela cidade que Braga já não é: trata-se da tese de doutoramento de Maria do Carmo Franco Ribeiro, que teve como "objectivo geral o estudo da morfologia da cidade de Braga, desde a sua fundação romana até à Idade Moderna", analisando-se os "mecanismos históricos responsáveis, quer pela preservação, quer pela mudança dos elementos que caracterizam os planos urbanos, tendo em vista perceber a evolução diacrónica dos espaços físicos construídos".

Pode aceder-se ao documento digital deste trabalho aqui. Mais uma vez obrigada, Luís!

Ribeiro, Maria do Carmo Franco - Braga entre a época romana e a Idade Moderna. Uma metodologia de análise para a leitura da evolução da paisagem urbana. Dissertação de Doutoramento em Arqueologia [Área de Conhecimento de Arqueologia da Paisagem e do Povoamento]. Universidade do Minho, 2008.

2 comentários:

Narcisos e Medusas disse...

E eu, mais uma vez, agradeço aos dois! Obrigada pelas sugestões de leitura :)
Beijinhos

catarina disse...

E eu agradeço o teu obrigada!

Publicação em destaque

as fontes discretas

já no distante ano de 2009, Maria do Carmo Serén publicou um artigo sobre a minha tese de mestrado, a que chamou de " as fontes discre...