domingo, 13 de novembro de 2011

nos Remédios

Correio do Minho, ano LXXVI, série VI, n.º 8392 (13 Nov. 2011), p. 17.

5 comentários:

Rui Ferreira disse...

A foto que hoje apresentas no CM pode ser datada da década de 1920-30. O lugar do Convento dos Remédios, demolido em 1911, está vazio e denota-se a terra revolta no local onde se situava. A fonte que ainda hoje se observa ao centro não estava no centro do largo Carlos Amarante na altura da demolição. Terá sido mudada do seu primitivo lugar no campo da Vinha para aqui, durante as reformas urbanísticas efectuadas aquando do mandato do Coronel Lopes Gonçalves na Câmara (1913-1915). Até então existiam árvores de grande porte na praça, que foram cortadas para se construir o jardim que observamos na foto.

Narcisos e Medusas disse...

Eu, por acaso, conheço bem este lugar :)

wheelhouse disse...

Pois conheces, um pouco diferente... É um das muitas praças (largo?) de Braga que ainda hoje se conhece pela antiga designação de largo dos Remédios, por causa do Convento dos Remédios que, tal como o Rui Ferreira confirmou, ficava situado ali.
Infelzmente não conheço nenhuma imagem geral do largo com o convento... apenas imagens da fachada :-(
Obrigada Rui pela aproximação à data em que terá sido feita esta fotografia... Connheces alguma imagem com as árvores de grande porte na praça?

Anónimo disse...

[Fernando Dias]

Creio que não terá dificuldade para ninguém da região
identificar com clareza o espaço e os edifícios.
Foi realmente o Largo dos Remédios, nome que lhe vinha
do Convento dos Remédios, onde está hoje o Cinema
S. Geraldo e a rua Gonçalo Sampaio que foi necessário abrir,
o que motivou a destruição desse convento que tinha uma
igreja com uma fachada lindíssima de estilo barroco.
Agora em frente à fachada do que foi o hospital de S. Marcos,
existe um jardim e um lindo fontanário e chama-se Praça
Carlos Amarante.
Em frente à outra igreja - Santa Cruz, o Largo chama-se
exactamente Santa Cruz donde se vê a rua à direita que é
a Rua do Anjo que dá para o Largo de S. Tiago.
Espero ter ajudado.
Cumprimentos

Fernando Dias

catarina disse...

obrigada Fernando!

Publicação em destaque

as fontes discretas

já no distante ano de 2009, Maria do Carmo Serén publicou um artigo sobre a minha tese de mestrado, a que chamou de " as fontes discre...