segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Grande Hotel

Correio do Minho, ano LXXVI, série VI, n.º 8385 (6 de Novembro de 2011), p. 16.


Segundo generoso comentário de Luís Dias Costa, importante estudioso da história da cidade Braga, na portinha aberta da direita que se vê na imagem do edifício do Grande Hotel, ficava a estação central de Braga - uma das três que existiam na cidade.
Na imagem consegue ler-se por cima da porta "Central de Caminhos de Ferro". Na primeira porta aberta ficava a entrada do Grande Hotel de "Gomes & Mattos successores de Manuel Joaquim Gomes", conforme se vê na fachada deste edifício onde hoje fica situado o Centro Comercial Avenida (ou Bragashopping, como se diz hoje).
Por indicação de Luís Tarroso Gomes, esta imagem será posterior a 1914, uma vez que a linha já se encontra electrificada.
Obrigada aos dois!

2 comentários:

Fernando Dias disse...

[Fernando Dias]

Este edifício, como o próprio nome diz, refere-se ao Grande Hotel de Braga
na Av. Central, mesmo em frente ao Coreto Musical que ainda lá está e onde
funciona actualmente o Bragashoping que também tem uma unidade hoteleira,
que é uma Residencial.
Há época, este hotel era o melhor de Braga.
Pertenceu à família Manuel Joaquim Gomes que o explorava e que lá tem o nome
o nome na parede.
Parece-me que por razões de idade e outras razões familiares foi vendido ao
actual proprietário do espaço nos finais da década de 60, (por 5.000 contos - um
bom negócio na época).
Esse sr. Gomes é filho ou neto do fundador do Elevador do Bom Jesus, onde lá
poderá ver referência ao seu nome também Gomes.
Vivem em Braga pessoas familiares como o Dr. Álvaro Amorim - filho (médico
já reformado), mais um outro irmão e uma irmã.
Aquela porta aberta à esquerda era a entrada para a recepção e na janela,
imediatamente à direita com cortinado branco, era uma pequena sala de estar
que tinha numa parede um riquíssimo espelho Venesiano (moldura em cristal).
Por agora é tudo o que apraz dizer.
Cumprimentos

Fernando Dias

catarina disse...

Mais uma vez agradeço o comentário, Fernando!

Publicação em destaque

as fontes discretas

já no distante ano de 2009, Maria do Carmo Serén publicou um artigo sobre a minha tese de mestrado, a que chamou de " as fontes discre...