quinta-feira, 28 de março de 2013

gomes









Volta e meia o jornal bracarense Echos do Minho publica na sua galeria os retratos dos homens mais distinctos.
António José Gomes, oriundo de Braga, que viveu na colónia portuguesa de Macau, era um deles.
A imprensa saúda o sacerdote, no seu 39.º aniversário, em 1913, dedicando-lhe breve biografia. Não era o reverendo "desconhecido dos auditorios bracarenses"- tinha na cidade de Braga "muitos admiradores das suas qualidades de espirito, de caracter e de intelligencia".

Sem comentários:

Publicação em destaque

as fontes discretas

já no distante ano de 2009, Maria do Carmo Serén publicou um artigo sobre a minha tese de mestrado, a que chamou de " as fontes discre...