sábado, 4 de maio de 2013

lapa dos afectos





Lapa do Lobo © Tito Mouraz

exmo senhor carteiro,
faça o favor de entregar esta carta
à primeira jovem que encontrar
em Lapa do Lobo
[josé joaquim, marinheiro]


em dezembro de 1933 nasceu "um ser masculino cem por cento português".
em maio de 2013 nasceu um livro que representa um marco na história da fotografia portuguesa contemporânea.


A ligação afectiva de Tito Mouraz à Lapa do Lobo explica não só como começou a ideia que o fotógrafo teve de coordenar um projecto fotográfico que levou à pequena aldeia da Beira-Alta seis fotógrafos portugueses.
Explica porque é que, no lançamento do livro que regista o percurso de cada fotógrafo pela aldeia, as emoções estiveram à flor da pele.
Explica também porque é que cada um deles, com a sua linguagem própria, se deixou contagiar pelo afecto que transforma um espaço tão pequeno como este, no centro do mundo.



Lapa do Lobo © Tito Mouraz





[e o meio da fotografia está ansioso por vê-lo nas bancas!]

Lapa do Lobo
23,5 x 33 cm
182 pág.

[projecto e edição apoiada pela Fundação Lapa do Lobo e realizado pelos fotógrafos André Cepeda, Ângela Berlinde, José Bacelar, José Pedro Cortes, Paulo Catrica e Tito Mouraz. Design Bolos Quentes]

Sem comentários:

Publicação em destaque

as fontes discretas

já no distante ano de 2009, Maria do Carmo Serén publicou um artigo sobre a minha tese de mestrado, a que chamou de " as fontes discre...