quinta-feira, 20 de junho de 2013

independentes



um mapa que está para lá do turismo dito mais convencional
um mapa que vai de encontro às necessidades dos viajantes independentes
um mapa dos que procuram descobrir a cidade tal como ela é vivida pelos habitantes locais
um mapa que foi rabiscado em toalhas de mesa de papel e guardanapos
um mapa que indica aquilo que não devemos mesmo perder, sem papas na língua

um mapa de orientação de Braga, com referência a quase 100 locais de interesse (entre monumentos, restaurantes, lojas, bares, espaços culturais), um pequeno almanaque – secção dedicada aos costumes locais – uma breve história da cidade, entre outras secções.

um mapa use-it, que surge pela mão da Calote Esférica – a mesma equipa que produziu o use-it Porto e o use-it Guimarães – financiado pela Fundação Bracara Augusta e desenvolvido no âmbito de Braga 2012: Capital Europeia da Juventude.

um mapa que vai ser apresentado esta noite na Black Box do GNRation (21h30, entrada livre) e que tem como convidado de honra o geógrafo Miguel Bandeira, que nos contará um pouco da história da cartografia da cidade de Braga.

Sem comentários:

Publicação em destaque

as fontes discretas

já no distante ano de 2009, Maria do Carmo Serén publicou um artigo sobre a minha tese de mestrado, a que chamou de " as fontes discre...